×
Home Sobre Serviços Coleta de Lixo - Cronograma Coleta de Resíduos Sólido / Orgânico Domiciliar Coleta de Resíduos Sólido de Saúde Coleta Seletiva Iluminação Pública Limpeza / Varrição Recolhimento de Galhos, Entulhos e Material Inservível Notícias Galeria Campanhas Fotos Vídeos Portal da Transparência Contato

Notícias - Prefeitura finaliza retirada de embarcação encalhada na Praia do Forte
22/05/2020
Prefeitura finaliza retirada de embarcação encalhada na Praia do Forte

Barco Bracuhy encalhou em 31 de dezembro de 2019

 

A Prefeitura de Cabo Frio finaliza nesta sexta-feira (22), a retirada do que sobrou da embarcação Bracuhy, que encalhou com 80 passageiros na Praia do Forte no dia 31 de dezembro de 2019, após um acidente com a escuna Aloha III. A remoção dos destroços que restavam foi realizada após recomendação do Ministério Público Federal, que irá formalizar um expediente para que o proprietário da embarcação seja responsabilizado por eventual dano.

A ação foi realizada por funcionários da Comsercaf, em parceria com a Guarda Marítima Ambiental, com o auxílio de um trator e uma retroescavadeira. A medida visa evitar o risco de acidentes, pois a localidade estava repleta de objetos cortantes submersos.

“O Dr. Leandro Mirtidieri, procurador federal, me contatou perguntando se havia como ajudarmos na retirada, uma vez que a remoção por parte do proprietário não foi completa. Informei que não tínhamos expertise neste tipo de procedimento de remoção, mas que faríamos o possível para ajudar. Esperamos a maré ficar em condições mais favoráveis e conseguimos obter êxito na remoção dos destroços” – fala Dario Guagliardi, presidente da Comsercaf.

 

Sobre o caso

No início deste ano, os destroços do Aloha foram retirados por uma equipe da Comsercaf composta por 15 pessoas, que utilizaram equipamentos como pá mecânica, retroescavadeira e três caminhões. Na ocasião do acidente, o Corpo dos Bombeiros relatou que devido a problemas no motor o condutor perdeu o controle da escuna por conta da maré. Na época ninguém ficou gravemente ferido e três pessoas tiveram ferimentos leves.

Por ocasião do encalhe, a GMA notificou o dono da escuna e suspendeu as atividades da empresa no município. A Secretaria de Turismo aguarda o laudo da Capitania dos Portos para avaliar sobre a continuidade ou não da concessão da empresa para operar em Cabo Frio.