Cabo Frio
25 de Junho de 2019
×
Home Sobre Serviços Coleta de Resíduos Sólido / Orgânico Domiciliar Coleta de Resíduos Sólido de Saúde Coleta Seletiva Iluminação Pública Limpeza / Varrição Recolhimento de Galhos, Entulhos e Material Inservível Notícias Galeria Campanhas Fotos Vídeos Portal da Transparência Contato

Notícias - Gamboa recebe força tarefa de limpeza e ordenamento nesta terça (9)
09/04/2019
Gamboa recebe força tarefa de limpeza e ordenamento nesta terça (9)

A Coordenadoria de Ordem Pública, por meio da Guarda Marítima Ambiental e Guarda Civil Municipal, em conjunto com a Comsercaf, com as Coordenadorias de Vigilância Sanitária, Meio Ambiente, Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Pesca, Polícia Militar e Capitania dos Portos, realiza nesta terça-feira (9) uma operação de ordenamento e limpeza às margens do Canal do Itajuru, no bairro Gamboa. A força tarefa, executada por recomendação do Ministério Público Federal, teve início na segunda-feira (8) e continuará por tempo indeterminado.

Na operação, a Guarda Civil Municipal apenas orientou os proprietários dos veículos que estavam estacionados em via pública a retirá-los do local. Ninguém foi notificado ou multado.

Já as 16 embarcações que ocupavam às margens do Canal do Itajuru começaram a ser removidas. Todas foram notificadas no dia 25 de março. Um prazo de dez dias foi estipulado para que os proprietários fizessem a retirada e como não houve resposta, duas foram recolhidas nesta segunda e terça, uma de médio e outra de grande porte. O trabalho continua.

“Aquelas que estão em condições precárias serão levadas para o Aterro Sanitário Dois Arcos, em São Pedro da Aldeia, para desmanche; as que estão boas em boas condições deverão ser retiradas pelos proprietários o mais rápido possível. Caso isso não ocorra, serão levadas para o depósito público”, explica Paulo Fernando Pinto Dias, superintendente da Guarda Marítima.

Cerca de dez funcionários da Comsercaf participam da ação com o auxílio de três caminhões trucados e duas retroescavadeiras. A autarquia ficará responsável pelo descarte dos materiais recolhidos. Dentre os resíduos coletados estão isopores, garrafas pet, carcaças de carros e barcos, e redes de pesca.

Segundo presidente da Comsercaf, Dario Guagliardi,  a operação só será finalizada após a retirada de todas as embarcações abandonadas, além de lixo, entulho, inservíveis e carros.

“Os veículos e embarcações abandonados além de causarem a poluição visual da localidade, também representam um risco à saúde pública, já que servem como criadouros para reprodução de mosquitos” – explica.